Não é novidade: máscaras já eram usadas muito antes da pandemia

Não é novidade: máscaras já eram usadas muito antes da pandemia - Local Confiável

Com a pandemia de covid-19 no início de 2020, a utilização de máscaras se tornou uma das medidas mais recomendadas em diversos países. Inclusive, é a prática sobre a qual mais recebemos reportes no monitoramento das nossas certificações. Os clientes e colaboradores ficam de olho, afinal, é para a proteção de todos! 😷 Mas você sabia que em alguns países as máscaras já eram utilizadas bem antes da atual pandemia?

Utilização de máscaras por questões locais

O hábito de usar máscaras em lugares públicos já é bem conhecido dos japoneses, que há anos adotam essa prática. No Japão, utilizar máscaras é visto como sinal de respeito com as pessoas ao redor. Se alguém não está se sentindo bem, é comum que use máscara para evitar contaminar os outros. Além disso, os japoneses também recorrem ao acessório por questões, digamos, mais inusitadas: preservar a privacidade ou esconder o rosto por não ter aplicado maquiagem.

O uso de máscaras para cobrir a boca e o nariz em público também é notado há muitos anos em Londres, Inglaterra. Visando proteger-se contra a poluição das chaminés industriais ou dos gases tóxicos emitidos pelos carros, já era comum encontrar pedestres e ciclistas utilizando máscaras ou lenços.

Uso de máscaras por questões de saúde

O costume de usar máscaras cirúrgicas faz parte dos protocolos sanitários dos profissionais da saúde há muitas décadas, mas também esteve presente ao longo da história. Embora em séculos anteriores a sua funcionalidade não fosse cientificamente comprovada, existem registros de máscaras com os mais curiosos – e intimidadores – formatos, utilizadas para impedir o contágio em pandemias históricas, como a peste negra, no século XIV, e a gripe espanhola, no início do século XX.

Atualmente, a utilização de máscaras adequadas tem sua eficácia comprovada, sendo uma diretriz adotada no mundo inteiro para prevenir o aumento do número de casos de covid-19. É para usar máscara, viu?

A startup Local Confiável auxilia sua empresa a certificar as práticas sanitárias adotadas no estabelecimento, aumentando a segurança de todos que frequentam o local. Por meio de uma plataforma exclusiva, acessada via QR Code, clientes e colaboradores podem acompanhar as medidas tomadas pela sua empresa e reportar anonimamente o não cumprimento das exigências de higiene. Conheça mais acessando o site.         

Leia também: Certificação sanitária: o futuro das empresas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.